Sunday, September 19, 2021

FDA Ratio

 FDA Ratio


FDA committee refuses approval for booster shots. Covid vaccine data indicates that for every 1 covid life saved by the vaccine. The vaccine kills 5. Death:life ratio of 5:1.


Official Source:

https://youtu.be/WFph7-6t34M?t=15705



O comitê do FDA recusa a aprovação de doses de reforço. Os dados da vacina Covid indicam que para cada 1 vida de covid salva pela vacina. A vacina mata 5. Relação morte: vida de 5:1.


Canal Oficial no Youtube:

https://youtu.be/WFph7-6t34M?t=15705






Thursday, September 16, 2021

VAERS ID

VAERS ID

  



VAERS Data Use Guide

https://vaers.hhs.gov/docs/VAERSDataUseGuide_November2020.pdf

States:

1) VAERS Identification Number (VAERS_ID): A sequentially assigned number used for identification purposes. It serves as a link between the three data files.


https://wonder.cdc.gov/wonder/help/vaers.html#VAERS%20Event%20Details%20Report

Reporting Issues:

"Duplicate event reports and / or reports determined to be false are removed from VAERS"


Example of missing record 0916737:



The ID is compromised with the removal of records. All records should be accountable and if any record is duplicated or false, there should be fields to record the error or duplicate ID, in this way there is a transparency with data.





Wednesday, September 15, 2021

Radiodifusão televisiva

 

Radiodifusão televisiva



Directiva 89/552/CEE do Conselho, de 3 de Outubro de 1989

(44) A , relativa à coordenação de certas disposições legislativas, regulamentares e administrativas dos Estados-Membros relativas ao exercício de actividades de radiodifusão televisiva(18), proíbe a publicidade televisiva de medicamentos que apenas sejam vendidos mediante receita médica no Estado-Membro a cuja esfera de competência pertence o organismo de radiodifusão televisiva. Justifica-se generalizar este princípio, tornando-o extensivo a outros meios de comunicação.

(45) A publicidade junto do público em geral de medicamentos vendidos sem receita médica poderia afectar a saúde pública se fosse excessiva e irreflectida. Tal publicidade, aquando da sua autorização, deve portanto satisfazer determinados critérios essenciais, que importa definir.


Diretiva 2010/13/UE

https://eur-lex.europa.eu/legal-content/PT/TXT/PDF/?uri=CELEX:32010L0013


(89) É igualmente necessário proibir toda a comunicação comercial audiovisual de medicamentos e de tratamentos médicos apenas disponíveis mediante receita médica no Estado-Membro, sob cuja jurisdição o fornecedor de serviços de comunicação social se encontra, bem como prever critérios rigorosos em matéria de publicidade televisiva de bebidas alcoólicas. 

(90) A comunicação comercial audiovisual oculta é uma prática proibida pela presente directiva devido ao seu efeito negativo nos consumidores. A proibição da comunicação comercial audiovisual oculta não deverá abranger a colocação de produto legítima no quadro da presente directiva, caso o telespectador seja devidamente informado da sua existência. Isto pode ser realizado através da indicação do facto de que em determinado programa existe colocação de produto, por exemplo por meio de um logótipo neutro.


ASSEMBLEIA DA REPÚBLICA 

COMISSÃO DE CULTURA E COMUNICAÇÃO

https://app.parlamento.pt/webutils/docs/doc.pdf?path=6148523063446f764c324679626d56304c334e706447567a4c31684a566b786c5a793944543030764d544a4451304d765247396a6457316c626e527663306c7561574e7059585270646d46446232317063334e68627938774e7a4d784f4463774d79316c4e3249794c5451304f4755744f4467784f5330334f4459344d5749774e32526a4e4463756347526d&fich=07318703-e7b2-448e-8819-78681b07dc47.pdf&Inline=true


ANACOM

https://www.anacom.pt/streaming/directiva_89_552_cee_en.pdf?contentId=318390&field=ATTACHED_FILE


Whereas it is necessary to prohibit all television advertising promoting cigarettes and other tobacco products including indirect forms of advertising which, whilst not directly mentioning the tobacco product, seek to circumvent the ban on advertising by using brand names, symbols or other distinctive features of tobacco products or of undertakings whose known or main activities include the production or sale of such products;

Whereas it is equally necessary to prohibit all television advertising for medicinal products and medical treatment available only on prescription in the Member State within whose jurisdiction the broadcaster falls and to introduce strict criteria relating to the television advertising of alcoholic products;



 Lei n.º 27/2007, de 30 de Julho
  LEI DA TELEVISÃO E DOS SERVIÇOS AUDIOVISUAIS A PEDIDO(versão actualizada)

http://www.pgdlisboa.pt/leis/lei_mostra_articulado.php?nid=923&tabela=leis

 Artigo 69.º-B
Proteção dos consumidores
1 - Os fornecedores de plataformas de partilha de vídeos asseguram que as comunicações comerciais audiovisuais por si comercializadas, vendidas ou organizadas são facilmente reconhecíveis como tal e que não:
a) Constituam violação do disposto nos n.os 1, 2, 5 e 6 do artigo 27.º;
b) Representem publicidade oculta ou dissimulada;
c) Utilizem técnicas subliminares;
d) Incentivem comportamentos prejudiciais à saúde ou à segurança;
e) Incentivem comportamentos gravemente prejudiciais à proteção do ambiente;
f) Digam respeito a cigarros e a outros produtos do tabaco, bem como a cigarros eletrónicos e a recargas;
g) Tenham como público-alvo específico as crianças e jovens, quando respeitem a bebidas alcoólicas;
h) Incentivem o consumo imoderado de bebidas alcoólicas;
i) Digam respeito a medicamentos e a tratamentos médicos apenas disponíveis mediante receita médica;
j) Sejam suscetíveis de causar prejuízos físicos, mentais ou morais às crianças e jovens, designadamente:
i) Incentivando-os diretamente a comprar ou a alugar produtos ou serviços aproveitando-se da sua inexperiência ou da sua credulidade;
ii) Incentivando-os diretamente a persuadirem os pais ou outras pessoas a adquirirem produtos ou serviços;
iii) Aproveitando-se da confiança especial que os crianças e jovens depositam nos pais, nos professores ou noutras pessoas; e
iv) Mostrando, sem motivo justificado, crianças e jovens em situações perigosas.
2 - Os fornecedores de plataformas de partilha de vídeos tomam as medidas adequadas tendo em vista assegurar que as comunicações comerciais audiovisuais difundidas através dos seus serviços que não sejam por si promovidas, vendidas ou organizadas respeitam o disposto no número anterior, devendo incluir nas respetivas condições de utilização de serviços a obrigação de os utilizadores:
a) Respeitarem as normas vigentes relativas às comunicações comerciais, designadamente o disposto no número anterior;
b) Declararem a inclusão de comunicações comerciais audiovisuais nos vídeos por si gerados.
3 - Os fornecedores de plataformas de partilha de vídeos informam claramente o público caso os programas ou os vídeos gerados pelos utilizadores contenham comunicações comerciais audiovisuais, sempre que as mesmas estiverem declaradas nos termos do número anterior e da alínea b) do artigo 69.º-C, ou tiverem, por qualquer outro meio, conhecimento desse facto.

Exemplo de medicamento sujeito a receita médica:






Tuesday, September 14, 2021

violatio, -onis

violatio, -onis




Sem a saúde individual nem sequer existe saúde pública.

SMS: COVID19: NOME, vacinacao 13/09/2021 as 13:13 em LOCAL. Responda: SNS.NUMERO UTENTE.SIM/NAO até 29 AGO Ex: SNS.111111111.SIM

Após enviar uma resposta... NAO...

Quantas vezes é que é necessário dizer NÃO, para deixar de ser violação? À TERCEIRA ? À QUARTA?

Além de as comunicações relativas à saúde SNS serem envidas com o nome da entidades que nem sequer está relacionada com a saúde, que é o exemplo das mensagens AvisoPROCIV (Proteção Civil).

Exemplo SMS:
Se ainda nao foi vacinado, vacine-se. Para a protecao de todos. Mais Info http://covid19.min-saude.pt/vacinacao-covid/ / ANEPC



SECÇÃO IV
Usurpação de funções
  Artigo 358.º
Usurpação de funções
Quem:
a) Sem para tal estar autorizado, exercer funções ou praticar actos próprios de funcionário, de comando militar ou de força de segurança pública, arrogando-se, expressa ou tacitamente, essa qualidade;
b) Exercer profissão ou praticar acto próprio de uma profissão para a qual a lei exige título ou preenchimento de certas condições, arrogando-se, expressa ou tacitamente, possuí-lo ou preenchê-las, quando o não possui ou não as preenche; ou
c) Continuar no exercício de funções públicas, depois de lhe ter sido oficialmente notificada demissão ou suspensão de funções;
é punido com pena de prisão até 2 anos ou com pena de multa até 240 dias.
  Contém as alterações dos seguintes diplomas:
   - Lei n.º 65/98, de 02/09
  Consultar versões anteriores deste artigo:
   -1ª versão: DL n.º 48/95, de 15/03
Jurisprudência
 1.  Ac. TRE de 22-01-2013 : I. O crime de usurpação de funções, previsto na alínea b) do art. 358.º do Código Penal, consiste em forjar uma identidade pessoal que não se possui, praticando, com base nela, actos próprios desse ofício.
II. Incorre nele o agente que, iludindo as pessoas perante quem actua, se apresenta como advogado e a exercer actos próprios de advogado, sem as necessárias condições para esse exercício.
 2.  Ac. TRC de 24-04-2013 : 1.No crime de usurpação de funções previsto no artigo 358.º do Código Penal, o bem jurídico protegido consiste na integridade ou intangibilidade do sistema oficial de provimento em funções públicas ou em profissões de especial interesse .
2.Nos processos crime por usurpação de funções, não é admissível a constituição de assistente







Without individual health, there is not even public health.

SMS: COVID19: NAME, vaccination 09/13/2021 at 13:13 in PLACE. Answer: SNS.NUMERO UTENTE.YES/NAO until 29 AUG Ex: SNS.111111111.SIM

After sending an answer... NO...

How many times is it necessary to say NO to stop being a violation? THE THIRD ? THE FOURTH?

In addition, communications related to SNS health are sent with the name of entities that are not even related to health, which is the example of the AvisoPROCIV (Civil Protection) messages.


Example SMS:
If you haven't been vaccinated yet, get vaccinated. For everyone's protection. More Info http://covid19.min-saude.pt/vacinacao-covid/ / ANEPC



SECTION IV
Usurpation of functions
  Article 358
Usurpation of functions
Who:
a) Without being authorized to do so, exercising functions or performing acts proper to an official, military command or public security force, assuming, expressly or tacitly, that quality;
b) Exercising a profession or performing an act pertaining to a profession for which the law requires title or fulfillment of certain conditions, claiming, expressly or tacitly, to possess it or to fulfill them, when it does not have or does not fulfill them; or
c) Continue in the exercise of public functions, after having been officially notified of dismissal or suspension of functions;
is punishable by imprisonment for up to 2 years or a fine of up to 240 days.
  Contains amendments to the following diplomas:
   - Law No. 65/98, of 02/09
  See previous versions of this article:
   -1st version: DL No. 48/95, of 15/03
Jurisprudence
 1. Ac. TRE of 22-01-2013: I. The crime of usurpation of functions, provided for in subparagraph b) of art. 358 of the Penal Code, consists in forging a personal identity that one does not possess, practicing, based on it, acts specific to that office.
II. The agent incurs in it, deceiving the people before whom he acts, presenting himself as a lawyer and performing the proper acts of a lawyer, without the necessary conditions for this exercise.
 2. Ac. TRC of 24-04-2013: 1. In the crime of usurpation of functions provided for in article 358 of the Penal Code, the protected legal asset consists of the integrity or intangibility of the official system of provision in public functions or in professions of special interest.
2. In criminal proceedings for usurpation of functions, it is not admissible to appoint an assistant



Asymptomatic / Assintomáticos

 

Asymptomatic / Assintomáticos





Virus cultures were negative for all asymptomatic positive and repositive cases, indicating no “viable virus” in positive cases detected in this study.

All asymptomatic positive cases, repositive cases and their close contacts were isolated for at least 2 weeks until the results of nucleic acid testing were negative. None of detected positive cases or their close contacts became symptomatic or newly confirmed with COVID-19 during the isolation period. In this screening programme, single and mixed testing was performed, respectively, for 76.7% and 23.3% of the collected samples. The asymptomatic positive rates were 0.321 (95% CI 0.282–0.364)/10,000 and 0.243 (95% CI 0.183–0.315)/10,000, respectively.

The 300 asymptomatic positive persons aged from 10 to 89 years, included 132 males (0.256/10,000) and 168 females (0.355/10,000). The asymptomatic positive rate was the lowest in children or adolescents aged 17 and below (0.124/10,000), and the highest among the elderly aged 60 years and above (0.442/10,000) (Table 1). The asymptomatic positive rate in females (0.355/10,000) was higher than that in males (0.256/10,000).





As culturas de vírus foram negativas para todos os casos positivos e repositivos assintomáticos, indicando nenhum “vírus viável” nos casos positivos detectados neste estudo.

Todos os casos positivos assintomáticos, casos repositivos e seus contatos próximos foram isolados por pelo menos 2 semanas até que os resultados do teste de ácido nucléico fossem negativos. Nenhum dos casos positivos detectados ou seus contatos próximos tornaram-se sintomáticos ou recentemente confirmados com COVID-19 durante o período de isolamento. Nesse programa de triagem, foram realizados testes simples e mistos, respectivamente, para 76,7% e 23,3% das amostras coletadas. As taxas positivas assintomáticas foram 0,321 (IC 95% 0,282–0,364) / 10.000 e 0,243 (IC 95% 0,183–0,315) / 10.000, respectivamente.

As 300 pessoas positivas assintomáticas com idades entre 10 e 89 anos, incluíam 132 homens (0,256 / 10.000) e 168 mulheres (0,355 / 10.000). A taxa de positividade assintomática foi menor em crianças ou adolescentes com idade igual ou inferior a 17 anos (0,124 / 10.000) e maior entre idosos com 60 anos ou mais (0,442 / 10.000) (Tabela 1). A taxa de positividade assintomática no sexo feminino (0,355 / 10.000) foi superior à do sexo masculino (0,256 / 10.000).


Approved or Licensed

 

Approved or Licensed

Aprovado ou licenciado




All descriptive printed matter, advertising, and promotional material relating to the use of the Pfizer-BioNTech COVID‑19 Vaccine clearly and conspicuously shall state that:

  • This product has not been approved or licensed by FDA, but has been authorized for emergency use by FDA, under an EUA to prevent Coronavirus Disease 2019 (COVID-19) for use in individuals 12 years of age and older; and
  •  The emergency use of this product is only authorized for the duration of the declaration that circumstances exist justifying the authorization of emergency use of the medical product under Section 564(b)(1) of the FD&C Act unless the declaration is terminated or authorization revoked sooner.  


https://www.fda.gov/media/150386/download



Todos os impressos descritivos, publicidade e material promocional relacionados ao uso da Vacina Pfizer-BioNTech COVID-19 devem declarar de forma clara e visível que:
  • Este produto não foi aprovado ou licenciado pelo FDA, mas foi autorizado para uso de emergência pelo FDA, sob um EUA para prevenir a doença do Coronavírus 2019 (COVID-19) para uso em indivíduos com 12 anos de idade ou mais; e
  • O uso de emergência deste produto só é autorizado durante a declaração de que existem circunstâncias que justifiquem a autorização de uso de emergência do produto médico de acordo com a Seção 564 (b) (1) da Lei FD&C, a menos que a declaração seja encerrada ou a autorização revogada antes .

EU Vaccination Card Plan

 

EU Vaccination Card Plan

Cartão de Vacinação UE Plano




https://ec.europa.eu/health/sites/default/files/vaccination/docs/2019-2022_roadmap_en.pdf


2019-2021 - Feasibility study for the development of a common EU vaccination card

2022 - Commission proposal for a common vaccination card / passport for EU citizens



HEALTH IS MORE THAN A VACCINE

For a healthier Europe could and should be achievable through several instruments, for example: educational, training, financial and social aspects that, through food, make a person healthy.

Being healthy is related to multiple dimensions rather than just being viruses and bacteria.



2019-2021 - Estudo de viabilidade para o desenvolvimento de um comum Cartão de vacinação da UE

2022 - Proposta da comissão para um comum cartão de vacinação / passaporte para cidadãos da UE

SAÚDE É MAIS DO QUE UMA VACINA

Por uma Europa mais saudável pode e deve ser alcançada através de vários instrumentos, por exemplo: aspectos educativos, formativos, financeiros e sociais, que através da alimentação, tornam uma pessoa saudável.

Ser saudável está relacionado com múltiplas dimensões, em vez de ser apenas vírus e bactérias.

FDA Ratio

  FDA Ratio FDA committee refuses approval for booster shots. Covid vaccine data indicates that for every 1 covid life saved by the vaccine....